terça-feira, 22 de março de 2011

No se...


No se que me sucedió
Cuando por primera vez te vi.
Amor fue lo que mi alma sintió por ti.
Estas en mi corazón.
Y aunque estoy lejos.
No dejo de pensar en ti.
Es el tormento mayor.
Que esta sufriendo mi corazón.
El recuerdo de tu amor.
Aumenta mi pesar.
Yo bien se que nunca mas.
En mis brazos estarás.
Y el echo de saberlo me hiere aún mas.
Estas en mi corazón.
No lo puedo evitar



3 comentários:

•*♥*• Sanzinha •*♥*• disse...

Oie!

Obrigada pela visita!
Também gostei muito do seu blog. Adoro vermelho e ficou tudo muito lindo aqui.
Eu que digo que vc tem bom gosto! :)
Já estou te seguindo.

Beijo grande!

Valdeir Almeida disse...

Angel,

Parabéns pelo seu blog. Estou seguindo. Se possível, siga o meu também.

Beijos e ótimo dia.

Liene disse...

Angel,

Encontramos refúgio nas palavras e no silêncio. Escrever nos ajuda a aliviar um pouco as dores de dentro. Nestes versos a angustia de amar fala por si. Sei bem o que diz e o quanto dói.

Feliz com o carinho da sua visita. Estarei sempre por aqui.

Um beijo de luz no seu coração